19 Em Dicas & Truques/ Risqué/ Saúde das Unhas

Bases Risqué Technology | qual a melhor para minhas unhas?

Base Risqué Technology: diferenças, especificações e minhas preferidas

O assunto “base” vira e mexe aparece por aqui e sempre que posso reforço minha dica: sempre, sempre, sempre use base antes de esmaltar. Mesmo se você for ficar sem esmalte, passe uma base.

Sempre me perguntam por comentários, emails e redes sociais a base que estou usando no momento. Resolvi fazer esse post para dar um update nas minhas bases preferidas e também aproveito para explicar as diferenças das bases Risqué Technology.

A base serve para proteger as unhas de agentes externos, forma um escudo que blinda as unhas, além, claro, de proteger a superfície da pigmentação dos esmaltes.

A escolha de uma boa base é fator importantíssimo para uma manicure impecável e para a saúde das suas unhas.

Risqué relançou sua linha Technology há um tempinho e agora conta com três bases para a fase de preparação das unhas no Ritual de Manicuração.

Qual base usar?

Das três da linha Risqué Technology, duas são minhas preferidas e que uso sempre – sempre mesmo, em toda manicure, toda vez que esmalto minhas unhas.

Antes, usava a famosa “verdinha” da marca, mas com a nova linha Technology ela foi descontinuada e no lugar entrou a Base Fortalecedora.

Fiquei triste no começo mas foi usar a nova Base Fortalecedora para ter certeza que era ainda melhor do que a verdinha.

Risqué Base Fortalecedora, é a minha preferida e uso sempre. Minhas unhas crescem muito com ela – em uma semana dobram de tamanho, é incrível. Além de deixar as unhas mais fortes e saudáveis, ficam difíceis de quebrar. Lembrando sempre que unha saudável é aquela que é flexível. Se está em busca de uma unha dura que não dobra, esquece. Só quem nasce com uma unha assim. Qualquer produto que prometa esse propósito, sai fora porque não é o correto.

No release da marca, Risqué Base Fortalecedora promete “fortalecer as unhas fracas e quebradiças em até 40%” e, pelo tempo que uso (mais de um ano) posso dizer que é super verdade. É a base que uso sempre porque gosto das unhas mais compridinhas e também acho que elas ficam bem mais fortes com ela.

Unhas estriadas ou onduladas?

Já a Risqué Base Niveladora (a vermelhinha) promete o que o nome traz: corrige falhas, ondulações, estrias e proporciona unhas 60% mais resistentes. Ela realmente nivela, deixa as unhas lisinhas e bonitas. Conforme você vai usando, as unhas vão ficando lisas. É muito boa e acho bem bacana ter em casa para usar e dar aquele up nas unhas, com um acabamento mais polido.

Unhas boas não precisam de base?

Mas e se suas unhas estão saudáveis, lisas, crescendo bem e tal, você vem e me pergunta:  “ah, então eu nem preciso usar base né?” – errado! Aí que você precisa usar uma boa base para proteger suas unhas da pigmentação dos esmaltes e fazer com que o esmalte dure mais! Para esse tipo de unha, a melhor escolha é a mais antiga das bases – a famosa “Seda Base” – que protege as unhas da esmaltação. Uso muito para fazer swatches e indico bastante.

E ainda vem também na embalagem refil, ótimo para quem usa muita base, como manicures!

A diferença delas, quando se esmalta, é mínima. Todas ficam brilhantes e são bem fluídas, finas. Secam rápido e deixam um acabamento polido.

Com exceção da Base Niveladora, que é levemente mais leitosa, mas não confere cor às unhas e o acabamento é um pouco mais matte.

Amo essas bases e não fico sem. Tenho estoque e sempre indico para quem me pergunta qual minha base preferida: para ter unhas maiores, Risqué Base Fortalecedora – para ter unhas mais lisinhas e uniformes: Risqué Base Niveladora – uma base para todas as horas e para proteger as unhas, Risqué Seda Base.

Qual a base Risqué preferida de vocês? Me contem!

Beijos!

Você também poderá gostar de

19 Comentários

  • Responder
    Martha
    27 de Março de 2017 at 17:27

    SEDA BASE, minha favorita!

  • Responder
    Valentina Chirico
    28 de Março de 2017 at 6:19

    I really think, Daniele, one day I’m going to try Risqué… I’m going to do a research to find a seller!
    It sounds like a great brand!!!
    Thank you for sharing these base coats!
    xoxo

  • Responder
    Deborah
    28 de Março de 2017 at 9:49

    Eu ainda tenho a verdinha. ADORO. Quando acabar vou partir para a fortalecedora. Minhas unhas quebram demais.

  • Responder
    Luciana Petrópolis RJ
    28 de Março de 2017 at 14:30

    Usei durante um bom tempo a Base Seda. Mas acabei mudando para a Colorama e uso a mesma há anos. Mas as da Risqué são muito boas também 😉

  • Responder
    Rachel
    28 de Março de 2017 at 16:38

    Oiii Dani!! ? Que lindo post, e fiquei mega feliz de saber que a base “verdinha” ficou ainda melhor. Ufffa!! Lembro de um post que você falou que iria fazer estoque da base verdinha, pois ia sair de linha, pra entrar uma nova. (eu fiz um pequeno estoque aqui também hahah)
    E isso que você falou é extremamente importante, não existe nenhuma fórmula mágica que faça a unha flexível ficar dura como casco de cavalo. Acho até que unha muito dura deve quebrar muito fácil. As minhas unhas são bem flexíveis, e esmalte só dura se a base e o top coat forem flexíveis também.
    Depois de 3 anos de teste, cheguei ao resultado de 3 bases bases perfeitas pra minhas unhas, e 1 top coat. Onde minhas unhas podem dobrar, que o esmalte não craquela. ( bases: Verdinha da Risqué, a fortalecedora da Beauty Color e a casco de cavalo da Impala ; e a cobertura a roxinha da colorama)
    Sou fã das cores da Risqué e sempre colocava culpa no esmalte, que não durava 2 dias, até achar a base certa pra mim. Risqué agora dura 7 dias lindamente.
    ? beijokas Lindona!!!

  • Responder
    Eve
    28 de Março de 2017 at 19:30

    Ainda tenho um estoquezinho da verdinha, acredita? Mas experimentei a fortalecedora e achei igual. <3
    Gosto da vermelhinha pras unhas dos pés. Acabo usando somente bases das Risque, aliás da marca só detesto o extra brilho, o amolecedor de cutículas eu gosto, e o removedor de esmaltes é o melhor na minha opinião. Beijo Dani!

  • Responder
    Leila
    28 de Março de 2017 at 22:04

    Boa noite, Dani!
    Particularmente, gosto muito das bases da Risqué, inclusive da verdinha, que foi descontinuada. Sempre usava ela, mas quando conheci uma base niveladora da marca Cyllio, me apaixonei! Fiz estoque dela, que hoje está no fim (ultimo vidrinho pela metade :(…). Nunca mais achei pra comprar, seja em lojas físicas ou online.
    Fiquei orfã das bases que mais gostava…
    Vou tentar a vermelha da Risqué durante um mês e ver o que acontece.
    Beijão!
    Leila

  • Responder
    Paula Ianes
    29 de Março de 2017 at 0:38

    Oi Dani!
    Minina, este post caiu como uma luva pra mim! Recentemente comprei várias bases, de várias marcas e fiquei sem saber por onde começar!! #aloka hahaha
    No último sábado enfim resolvi que iniciaria pela base fortalecedora da Risqué. Escolhi esta primeiro pq toda a linha é hipoalergênica. Segundo pq lembrei que aqui no blog você comentou que pela lógica primeiro você fortalece, depois faz crescer e depois nivela (trecho do post publicado em 24/05/2010).
    Esmaltei cada unha com duas camadas da base, pois tenho as unhas estriadas, queria saber se ela funcionaria bem. Não só funcionou como nivelou as unhas! Tenho estrias em todas elas e ficou lisinho! Esmaltei com duas camadas, fiz nail art no anelar direito e finalizei com extra-brilho. No polegar usei outra cor, uma camada do Trompete da Natura e uma generosa do Dança da DNA Italy, da coleção Lurex e tb finalizei com extra brilho. Extra brilho mesmo, não foi top coat. Viu como sou boa aluna, aprendi direitinho lendo seu blog! 🙂
    Já é quarta-feira e as unhas estão inteiras! Eu sempre uso luvas para fazer o serviço doméstico, o que colabora muito tb; além disso sempre hidrato as mãos e cutículas antes de dormir, colocando luvas de algodão para o produto agir melhor.
    Depois eu volto pra contar quantos dias o esmalte durou nas minhas unhas.
    Sei que precisarei usar esta base durante uns 3 meses para saber se ela realmente fortalece, mas a ideia é essa mesmo. Só depois desse tempo poderei formar opinião sobre ela.
    Desculpe o texto enorme, mas eu gosto de escrever!
    Aquele abraço esmaltístico pra vc!

    • Responder
      Paula Ianes
      12 de Abril de 2017 at 16:51

      Como combinado, voltei pra contar minhas primeiras impressões sobre a base fortalecedora.
      No quinto dia o esmalte começou a sair do finalzinho de algumas unhas, ali nas pontinhas. Mas a unha com nail art resistiu bravamente, pois eu usei mais extra brilho nela para segurar a fitinha prateada, e olha que usei esmalte vencido!
      Como usarei esta base por 3 meses, o próximo teste será com um esmalte da Risqué dentro da validade. Prometo contar o que achei! 🙂

  • Responder
    Alexandra
    29 de Março de 2017 at 11:18

    Oi Dani!
    Usei por muitos anos a base fortalecedora, ainda quando era o vidrinho antigo. Gostava muito!
    Até que decidi experimentar outras também. Atualmente uso a base pro crescimento da Colorama. Boa também!
    Minhas unhas são muito fracas e essa base tem ajudado muito.
    Sigo sua técnica de não tirar cutícula! Uso amolecedor e a escovinha. É muito melhor assim. Faço o possível pra não cortar, mas meus cantinhos são duros, então é quase impossível não usar o alicate toda vez.

    Adoro seus posts! bjos

  • Responder
    Franci Pacheco
    29 de Março de 2017 at 18:25

    amei esse post.. a minha base preferida é a fortalecedora!

  • Responder
    Sandra Marta PADILHA
    30 de Março de 2017 at 1:10

    Também amo essas bases, uso sempre.
    Nunca fico sem.

  • Responder
    Paty
    30 de Março de 2017 at 12:09

    Muito legal Dani! Após suas dicas, (por exemplo, evitar espátula de metal) minhas unhas pararam de ondular, mas usei bastante tempo a base niveladora, gostei muito!
    😉

  • Responder
    Erica
    12 de Abril de 2017 at 21:55

    A vermelhinha eu amo, agora quero testar a fortalecedora <3
    Beijos Dani

  • Responder
    Juliana Ferreira
    19 de junho de 2017 at 9:48

    Minha preferida é a vermelhinha, minhas unhas são bem moles e com ela ficam mais durinhas e o esmalte dura mais tb. Bjos

  • Responder
    bianca
    21 de junho de 2017 at 2:23

    Gostaria de saber se alguma dessas bases é hipoalergênica? obrigada

  • Responder
    Aline
    21 de agosto de 2017 at 13:32

    Oi Dani! Tudo bem?
    Pergunta não tão no tópico: qual produto vc usa como substituto do anolecedor de cutículas da risqué, please?
    Obrigada e grande beijo

  • Deixe seu comentário