49 Em OPI/ Resenhas

OPI Glitter Off – a base especial para usar com esmalte de glitter!

No meu último post sobre o “Esmalte do Dia, Licor da Dote” – comentei que tinha aproveitado para fazer um teste de uma base da O.P.I. que comprei fazia um tempo, especial para ser usada com esmaltes de glitter – ela é tipo “peelable”, ou seja, você puxa e arranca o esmalte sem ter glitter espalhado pelo removedor como se faz tradicionalmente. A base cria uma película de proteção para a unha e serve como um “tapetinho” para o esmalte. Então, na hora de remover, é só pegar uma pontinha e puxar que o tapetinho traz tudo junto.

Desde que falei sobre minha técnica em remover esmalte de glitter, não tenho tido problemas com esse tipo de acabamento, mas em nome do jornalismo investigativo (aka consumismo) quis experimentar essa tal base da O.P.I. , a “Glitter Off”

glitter-off-opi-peelable-base-coat-resenha-review-18

Sou uma pessoa totalmente curiosa e um pouco ansiosa, então, logo que vi o release de lançamento dessa tal Glitter Off fui correndo atrás procurar. E claro, não encontrei facilmente. Não tinha nada pelo eBay ainda. Fui encontrar na Amazon e, milagrosamente, o vendedor entregava aqui no Brasil. Na época paguei U$13 + U$13.50 de frete -.-‘ – hoje tá U$7 + o frete. Tomeeeee ansiedade kkkk Enfim, demorou um mês para chegar e só agora fui testar.

glitter off opi peelable base coat resenha review-3

Para quem não conseguir clicar no “continue lendo”, é só clicar no título do post 😉

Logo quando a O.P.I. Glitter Off chegou, fiquei “toda toda” né, achando que fosse a base mais maravilhosa do mundo, algo mágico para se tirar esmalte de glitter. Então, abri o tradicional vidrinho da O.P.I. e fui cheirar (sim, eu cheiro esmalte novo (??!!) e imediatamente soltei um: “Genteeeee, é COLAAAA!”  (e eu estava sozinha aqui!) – kkkkk sim, sabe cheiro de cola escolar? Tenaz, qualquer cola branca que todo mundo já usou na vida? Pois é, é puro cheiro de cola! Claro, não era pura cola já que vi a composição (tem foto no fim do post) mas a principal substância do produto era o  “Polyninyl acetate” ou PVA – o principal e único componente das colas brancas escolares a base de água.

glitter off opi peelable base coat resenha review-5

A textura é de cola, claro. Eu não testei colar nada, mas super acho que cola!

glitter off opi peelable base coat resenha review-8Vem essa etiquetinha fofa com glitter falando como aplicar: “Aplique uma fina camada, espere secar completamente; aplique o esmalte. Para remover, pressione suavemente e vá descascando tudo.”

glitter off opi peelable base coat resenha review-4

glitter off opi peelable base coat resenha review-9

glitter off opi peelable base coat resenha review-11

glitter-off-opi-peelable-base-coat-resenha-review-2

O pincel é gordinho e achatado igual a todos da OPI. Logo quando você aplica a base ela é bem branquinha opaca, tipo um “Paris da Risqué” – mas fica transparente assim que seca. É quando você deve começar a aplicar o esmalte. Se aplicar antes de ela secar fica uma caca. Não faça isso.

1glitter-off-opi-peelable-base-coat-resenha-review-18

Se ela é uma base para remover o esmalte com facilidade, fiquei curiosa com a durabilidade do esmalte escolhido. Para testar isso, fiz algumas experiências como passar uma camada mais densa da base e outras mais finas. As unhas que eu apliquei uma camada grossa tiveram a durabilidade reduzida. Logo no primeiro dia, após o banho – várias horas depois da esmaltação – senti que lascou uma pontinha do anelar mas não chegou a lascar, só arrebitou sabe? Não puxei e ela ficou lá. As outras unhas que passei uma camada mais fina tiveram a durabilidade normal e não lascaram.

Após 4 dias com o glitter, enjoei da cor e quis trocar. Como o Licor era beeem lotado de glitter eu gastaria um tempinho para tirar tudo no método tradicional. Mas com a base, foi rapidinho. É só conseguir uma pontinha e puxar. O certo é puxar da direção das cutículas para as pontas das unhas (para não traumatizar a unha), mas eu puxei lateral, na base das cutículas, na ponta das unhas e foi ok. Aliás, vou abrir um parênteses aqui: essa prática de puxar o esmalte como se fosse adesivo deve ser evitada. Essa “puxada” traumatiza a superfície da unha e deixa enfraquecida. Sei que às vezes o esmalte lasca e acabamos puxando assim, mas é bom evitar. Como essa base é fraquinha e não cria muita aderência nas unhas não senti dificuldade ao puxar, mas tem esmaltes que ficam mais grudados e aí não deve puxar mesmo.

glitter off opi peelable base coat resenha review-16

O “adesivo” saindo todo.

glitter off opi peelable base coat resenha review-17

Aqui eu puxei pela pontinha.

glitter off opi peelable base coat resenha review-14

E aqui eu puxei pela base da cutícula.

glitter off opi peelable base coat resenha review-15

No final ficou assim. Alguns cantinhos ficaram com um restinho, mas o removedor + algodão foram eficazes nessa etapa. Senti que minhas unhas ficaram levemente amareladas 🙁 sem base protetora, né?

glitter off opi peelable base coat resenha review-13

Todo o esmalte arrancado no final. Algumas unhas, a maioria eu diria, não saem por completo. Percebi isso nas unhas que usei uma camada mais fina de base. As que eu usei mais base o esmalte saiu por completo, facilmente.

glitter off opi peelable base coat resenha review-6

E aqui, a composição. Quem entender de química e fórmulas, deixe sua opinião! Mas o cheiro é de cola! kkkk Vi que tem conservante e dimeticona também.

Eu já tinha ouvido falar sobre a técnica de tirar esmalte com glitter usando uma base de cola antes do esmalte e nunca havia testado. Em várias resenhas pelas internet, quem usou aprovou e disse que o processo ajuda mesmo a tirar o esmalte de glitter como a base da O.P.I. fez.

Então, minha dica é: quer testar o produto mas não gastar alguns dólares? Compra uma Tenaz e testa! Mas peloamordedeusss, é cola branca tá?! De escola, aquelas para crianças, a base de água! E só!

Para o procedimento ficar mais limpinho e dar mais certo, aconselho a pegar um vidrinho vazio de esmalte (limpa um de base que já acabou, por exemplo, e enche de acetona para limpar todo o esmalte) e despeje a cola dentro do vidro. Assim, fica mais fácil para passar nas unhas com o pincel e tal. 🙂 Espera secar (ela está seca quando fica transparente) e aí esmalta.

fazer-base-esmalte-glitter-casa

Como não é uma coisa que fazemos sempre, não vejo problemas. Não consigo usar esmalte sem base normal, então, fiquei meio assim usando uma base que não é base. Vide as unhas que ficaram um pouco amarelas. É só em casos de esmaltes dificílimos de tirar mesmo aí super vale a pena!

Se eu aconselho a compra da base da O.P.I.? Não vejo como um produto “must have” (tem que ter) mas é um produto diferente para se testar. Mas se você gostou da ideia em si, usa a cola que é praticamente a mesma coisa 😉

Agnes manda um beijo!

  • Agora quero saber! Alguém já testou a técnica de usar cola para esmaltes difíceis de remover? E a base da OPI Glitter Off? Gostaram ou nem?! :***

 

Você também poderá gostar de

  • Franci Pacheco
    11 de agosto de 2014 at 23:13

    Eu nunca testei a técnica da cola, mas já li bastante resenhas falando sobre, e essa base da OPI também nunca testei, mas fiquei curiosa. Adorei o post.

  • Jaqueline
    11 de agosto de 2014 at 23:20

    Interessante, Dani.
    E se usar base nas unhas e aplicar cola ou base da OPI entre ela (base) e o esmalte glitter?
    Protege a unha e facilita a retirada ao mesmo tempo?
    Que acha?
    Eu usaria 1. base 2. cola 3. esmalte glitter 4. top coat.
    Da mesma forma como quando uso cobertura ou base mate para ajudar na fixação, sempre passo minha base de costume primeiro. 1.base 2. mate 3. esmalte colorido 4. top coat.
    Bjs e obrigada por mais uma resenha!

    • Daniele
      12 de agosto de 2014 at 11:37

      É que a base cola precisa estar em contato com a unha para criar a superfície que vai virar “adesivo” depois. Se vc passar base normal, ela vai “grudar” na unha e não vai dar pra puxar :/
      Com a base fosca eu faço isso mas porque a fosca não precisa estar em contato com as unhas. Uso a fortalecedora, fosca e esmalte 😉
      Bj!

  • Graziele
    12 de agosto de 2014 at 0:35

    Oi Dani, que bom q tem post novo 🙂 bem mesmo o esmalte sendo dificil de tirar prefiro ter um pouco mais de paciência e tirar com algodão e removedor mesmo, pois eu tinha a mania de puxar o esmalte assim e minhas unhas ficaram bem danificadas, agora com muito custo elas estão voltando ao normal, então pra mim puxar o esmalte da unha nem pensar rsrs bjs Dani

  • Milena
    12 de agosto de 2014 at 0:38

    Oi Dani!
    Eu já uso a minha misturinha de cola (misturo com um pouco d’água) quando uso glitter e recomendo. A única coisa chata é que demora um pouco pra secar, mas super funciona.
    Nunca testei a da OPI e sinceramente não sinto a necessidade.
    Beijo!

    • Daniele
      12 de agosto de 2014 at 11:35

      Essa da OPI também demora um pouquinho pra secar, não é nada rapidinho não 🙂

  • Carolina B
    12 de agosto de 2014 at 1:41

    Dani e se usar a base normal e depois uma camadinha dessa ou de cola mesmo não rola? como as minhas unhas são um papel de finas, tenho a impressão de que ao usar a tecnica vou piorar o estado das unhas…

    • Daniele
      12 de agosto de 2014 at 11:35

      Não rola porque a base cola tem que fica em contato com a unha para ela não deixar o esmalte grudar. Se passar a base normal antes, dá na mesma e ai nem adianta passar a cola. :/

  • Lorena
    12 de agosto de 2014 at 4:36

    Ai que delicia deve ser arrancar esse esmalte!!!
    Quero pra ontem!

  • danielle
    12 de agosto de 2014 at 7:37

    oi Dani,
    eu já ouvi dizer que precisa das uma diluida na cola, eu fiz essa diluição, mas achei que ficou aguado demais e não consegui testar, mas estou doida pra testar essa técnica, pois esmalte com glitter é lindo mas é uó pra tirar!!!

    • Daniele
      12 de agosto de 2014 at 11:34

      Não precisa diluir porque a cola já tem água 🙂

  • Nanda
    12 de agosto de 2014 at 8:33

    Hahahahahahahaha, OPI vendendo a preço de ouro líquido cola escolar!
    Beijos,
    Nanda do Maquiada & Esmaltada

  • Monica Ceciliato
    12 de agosto de 2014 at 8:39

    Oi Dani…será que atrapalha a qualidade do produto se antes de passar essa base, usar uma base comum por baixo??
    Abraço…

    • Daniele
      12 de agosto de 2014 at 11:33

      Eu acho que sim :/

  • Ana Carolina
    12 de agosto de 2014 at 9:32

    Dani Lindona!!! =)*_*
    Tava com saudades de vc e de seus posts!!!!!!
    Olha, eu não fazia ideia que existia esse tipo de base para ajudar na remoção de esmalte com glitter =O
    É muito interessante, e mais interessante ainda, é saber que a cola escolar pode ser um “genérico” kkkkk
    Mas eu não sei se usaria não! Tudo bem que seria de vez em quando, mas vi que vc não gostou de ver suas unhas um pouco amarelada depois da remoção…sei lá, acho que fiquei traumatizada com esse lance de unha amarelada, quando eu esmaltava minha unha toda semana kkkk
    Prefiro usar a técnica do papel alumínio =)
    Bjssssss =) E que bom que é ver um new post!! AMOOO o/

    PS: Agora tenho foto aqui uhulll!!!

    • Daniele
      12 de agosto de 2014 at 11:33

      Obaaa! Que bom que agora vc tem fotinho hehehe 🙂 Usar esse tipo de base uma ou vez ou outra é tranquilo 🙂 Bj!

  • Patrícia Karla
    12 de agosto de 2014 at 10:04

    Muito lindinha essa bonequinha. Ownnn…
    Vou testar c cola branca mesmo. 😉

    • Daniele
      12 de agosto de 2014 at 11:32

      Dá super certo 😉 Um bj!

  • Claudia Freitas
    12 de agosto de 2014 at 10:12

    Dani, nem base cara nem cola, usa Top Coat como base e o efeito é o mesmo. Eu uso o da Colorama e nunca testei com outro mas o processo é o mesmo ao invés de base, passa uma camada de top coat e esmalta normalmente.

    • Daniele
      12 de agosto de 2014 at 11:32

      Vou testar!! Obrigada pela dica! 🙂

  • Caroline Fortunato
    12 de agosto de 2014 at 10:30

    Ai, Dani… Pensei a mesma coisa quando vi esse produto há alguns meses atrás. Cola é cola e pronto. Mas a cola da OPI é carinha. Hahahaha.

    Usar top coat no lugar da base também remove o esmalte como uma película e é bem melhor.

    Mas foi bom ler uma resenha “nos mínimos detalhes”. Agora é que não compro mesmo. =P

    Beijão!

    • Daniele
      12 de agosto de 2014 at 11:32

      Vou testar o top coat!! 🙂 Bj!

  • Amanda
    12 de agosto de 2014 at 10:37

    Olá Daniele,
    já usei cola, só não deu pra avaliar a durabilidade porque fiquei louca pra puxar o esmalte e tirei tudo no outro dia rsrs.

    • Daniele
      12 de agosto de 2014 at 11:32

      hahahahaha dá uma vontade enorme de puxar mesmo!

  • Thamiris
    12 de agosto de 2014 at 13:10

    Muito bom, Dani! Sabe, eu já consegui puxar com esmalte normal mesmo hehe ^^ Mas amei essa base! Gostaria de poder usá-la também!
    Beijão enorme querida <3

    • Daniele
      13 de agosto de 2014 at 11:44

      Eu tb já consegui puxar, muuitas vezes kkkkk
      Bj bjo minha linda

  • Flávia
    12 de agosto de 2014 at 15:11

    Eu já tinha visto a técnica da cola antes do esmalte, mas nunca testei e nunca fiz questão, uma vez que uso a técnica de tirar esmalte com o papel alumínio, que aprendi aqui e comigo sempre funcionou, seja para esmalte de glitter, seja para esmaltes chatos de tirar, como o preto, o azul etc.
    Mas valeu a resenha, bom saber que essa base toda chiquetosa aí não passa de cola..rsss
    Bjs

  • Débora
    12 de agosto de 2014 at 16:27

    top coat como base para puxar o esmalte??!! será que funciona?? testa pra gente Dani!! ai, eu não pago algo muito além de 3 reais em uma cola não kkkkkk mas enfim, esmalte com glitter é mesmo um saco de tirar, mas agora que vi o post de como tirar sem estress vou passar e testar a técnica do aluminio!

    • Daniele
      13 de agosto de 2014 at 11:42

      Fiquei curiosa para testar mesmo, Débora! 😀 Mas tenho o leve pressentimento que ele vai grudar um pouco na unha tb e isso não é legal hehe

  • maria helena
    12 de agosto de 2014 at 18:42

    Nunca usei a cola nem pretendo comprar o OPI, pois uso glitter tão raramente que acho que não compensa. Vou no bom e velho papel alumínio mesmo, rsss… Mas legal conhecer o produto.

  • Mirella Bruno
    12 de agosto de 2014 at 18:56

    Oi Dani!! Faz pouco tempo que descobri seu blog e amei!! Virei sua fã!!
    Como vc faz pra sua cuticula ficar tão perfeitinha…toda redondinha,sem nenhuma pelezinha arrepiada?? Vc já fez algum post sobre isso??

    Muito obrigada e Parabéns por tudo!!

    Bjs
    😉

    • Daniele
      13 de agosto de 2014 at 11:39

      Oi Mirella! Seja bem-vinda! 🙂 Já fiz vários posts sobre cutículas (aliás, obrigada pelo elogio) clica aqui: http://unhabonita.com.br/primecuticle-2/ que tem vários para vc ver ^^
      Espero te ver sempre por aqui!
      Um beijão

      • Mirella Bruno
        21 de agosto de 2014 at 13:30

        Oie!! Olha eu aqui novamente…rsrs.. Li as postagens que vc me indicou e já apliquei, fiz minhas cuticulas no passo a passo que vc indicou e tenho hidratado muuuuito e não é que já deu uma diferença considerável…muito bom!! Ah…e comprei a caneta Prime Cuticle…estou suuuuuuuuper ansiosa pela chega!! :)Brigaduuuu Bjss 😉

        • Daniele
          22 de agosto de 2014 at 13:05

          Que bom que vc tá gostando do processo, Mirella!! É muito bom, vc vai se apaixonar cada dia mais! 🙂 Um bj

  • Cynthia
    12 de agosto de 2014 at 19:08

    Gostei da bonequinha! Tem no Brasil? Acha no Bairro da Liberdade?

    • Daniele
      13 de agosto de 2014 at 11:38

      Não sei, Cynthia :/ Tem Funko aqui no Brasil sim mas não sei se tem a Agnes. Essa eu comprei nos EUA 🙂 Bj

  • Lizzie Esmalte Sempre
    12 de agosto de 2014 at 19:18

    Oi Dani!

    Uso muito esmalte com glitter. Não sei se vc viu mas fiz um post no blog sobre o uso da cola branca já tem um tempo. Comigo não funcionou porque o esmalte não soltava por nada. Foi bem demorado conseguir descascar. De nenhuma unha o esmalte soltou por inteiro. Saiu em pedaços bem pequenos. Mas acho que é uma característica das minhas garrinhas. Até esmalte “de balaio” dura uma semana sem nem desgastar as pontinhas. 😀
    Para quem for tentar a cola… Algumas meninas acham melhor diluir com um pouquinho de água ao invés de usa-la pura. 😉

    Bjsss, Lizzie.

    • Daniele
      13 de agosto de 2014 at 11:37

      Oooi Lizzie! Eu acho que vi sim! Também vi algumas falando pra diluir, mas aí acho que tira o efeito um efeito! É melhor usar só ela mesmo. Mas que sorte a sua hein? Queria eu unhas que grudam os esmaltes! eheeh
      Bejão

  • Simone
    12 de agosto de 2014 at 22:29

    Também uso a cola branca e dá super certo. Até eu descobrir esse truque era “um parto” tirar o glitter, eu realmente evitava usar. O bom da “blogfera” é isso: compartilhar descobertas boas.
    Quanto ao OPI… bem, eles constataram que há necessidade do produto, creio que nenhuma marca tinha pensado nisso ainda ( mas pra quem conhece o truque caseiro é artigo supérfluo, prefiro gastar comprando mais esmalte da OPI…)

  • solange
    12 de agosto de 2014 at 22:32

    DANI QUERIDA QUE DICA BOA
    VOU FAZER UM TESTE E DEPOIS COMENTO O RESULTADO,ACHO QUE VAI DAR CERTO.
    BEIJO GRANDE BOA NOITE
    JA TAVA SENTINDO FALTA DE SEUS POSTS.

  • kátia Cruz
    13 de agosto de 2014 at 9:35

    Oi Dani, adorei o post. Não conhecia essa da cola, mas vou experimentar por que adoro usar esmaltes com glitter e é super difícil de tirar. Bjinhos!

  • Thabata
    14 de agosto de 2014 at 11:53

    Confesso que sou fã das bases peel off, quando a Essence lançou era uma raridade, não encontrava em lugar nenhum, mas ai começaram os dupes e consegui comprar da Peripera, uma maravilha, igualzinha a da OPI. A única coisa que eu faço de diferente é: “cola” + base + esmalte + top coat
    sai fácil e protege a unha.
    Já fiz o teste peel off x cola, elas são um pouco diferentes, a cola demora mais para secar, mas funcionam igualmente
    bjnhos

  • Cintia Romera
    15 de agosto de 2014 at 10:50

    Oi Dani!!!
    Onde posso ler essa técnica de remover o esmalte com papel alumínio?
    Adoro seu blog.
    Bjs.

    • Daniele
      15 de agosto de 2014 at 22:52

      No post eu cito o link, Cintia 😉 Mas aqui vai de novo:

  • Andressa
    15 de agosto de 2014 at 18:22

    Eu já vi uma vez essa técnica da cola pra facilitar a remoção dos cantinhos,com esmalte cremoso mesmo,só não entendi se tirava com removedor a cola q ficava na base da unha ou esmaltava por cima,mas agora to imaginando q esmaltava por cima mesmo.Mas sei lá,acho estranho passar cola na unha e deixar lá,fico imaginando q pode ressecar a pele.Só acho q tirar o esmalte assim é divertido,qnd eu era criança adorava espalhar essa cola pela mão,esperar secar e depois ficar puxando haha

    • Daniele
      15 de agosto de 2014 at 22:48

      EU AMAVA fazer “colinha” nas mãos e puxar *_*
      Confissão: fiz isso com a base da OPI e não deu certo aheuaheuhauehau não fez o puxa-puxa #chatyada

  • Ju Balbino
    22 de agosto de 2014 at 12:40

    eu uso a técnica da cola, mas meu pedacinhos não saem inteiros, saem em lascas… Facilita na remoção, mas falta um pouco de paciência pra secar.

    será que não dá pra usar a base antes? acho que li em algum lugar que a menina fazia assim^^

    ótimo post, Dani

    bjs

  • Gabi Garcia
    2 de setembro de 2014 at 13:14

    Dani, nunca tinha ouvido falar. Mas amei desde o início pq sou a louca do glitter e gosto justamente dos mais difíceis.. hahahah Então essa base seria bem útil. Mas não pretendo comprar não, tenho outras prioridades.
    Ótima dica!
    Beijooos!
    http://mamaede1a.wordpress.com/