46 Em Dicas & Truques/ Dúvida da Leitora

Dúvida da Leitora #13 | Como passar esmalte branco ou aqueles que mancham?

2-esmalte-branco-corretivo_como-passar

Um dos posts mais acessados aqui no blog até hoje é aquele de “como passar esmalte branco” – não adianta, vira e mexe a gente se depara com um daqueles esmaltes bem chatos de passar – e nem sempre eles são brancos, né? Podem ser os candy colors (tons pastel), algum mais clarinho e, independente do tom, se eles são mais opacos tendem a ser um pouquinho mais complicado de esmaltar e ter aquela cobertura perfeita.

Tirando o fato que quanto mais se pratica, melhor o esmalte fica, temos sim algumas dicas básicas para A-R-R-A-S-A-R no acabamento de qualquer esmalte!

como-passar-esmalte-branco_1

Esmalte branquinho estilo corretivo (sim, aquele corretivo que usamos para “apagar” caneta, o famoso “branquinho” da época da escola) é ótimo para termos na coleção para várias coisas tipo ponta de francesinha, nail art, carimbo… mas se o efeito desejado são unhas total white e com acabamento 100%, se liga nas dicas a seguir!

esmalte-branquinho

Se você ainda não tem nenhum “branquinho corretivo” na coleção, esses são ótimas opções. Se você não consegue identificar um branquinho assim é fácil: ele não pode ser transparente.

esmalte-branco-corretivo_como-passar

Como disse, as dicas não servem apenas para esmaltes branquinhos, hein? Se você tem dificuldade para passar esmalte, pode fazer com qualquer tom que o acabamento perfeito é certo!

Uma coisa importante antes de começar a esmaltação: verifique se o esmalte está bem fluído! Se ele estiver grosso o acabamento final será muito mais difícil (ainda tem o perigo de descascar mais rápido – post com dias para o esmalte durar mais aqui)

  1. BASE FOSCA
    Vocês já sabem que a base fosca é essencial para o esmalte durar mais, né? Tem post com tudo explicadinho aqui – mas ela ajuda também, e muito, a aplicação desses esmaltes mais chatinhos como o branco corretivo. A base deixa a superfície da unha mais aderente e faz com que o esmalte “deslize” melhor e tenha, assim, um acabamento perfeito. Então, depois da base normal, é só passar uma camada fina de base fosca e esperar ficar bem sequinha – ou seja – totalmente sem brilho.
  2. QUANTIDADE
    Outra dica super importante é tomar cuidado na quantidade de produto no pincel. Muita gente pega pouco e limpa bastante na bordinha do vidro, com medo de espalhar por tudo e ficar o acabamento grosseiro, mas o ideal é ter uma boa quantidade de esmalte sim. Aqui nesse caso o “mais é ideal”! Se tem pouco esmalte no pincel, as pinceladas ficam falhadas e não tem a quantidade certa para o tamanho da unha. Daí, pegar de novo o esmalte no vidro pode manchar ainda mais a camada falha e ir “varrendo” todo o esmalte…ou seja…lambança total! É bem bem melhor pegar mais produto e partir para a próxima dica!
  3. PINCELADAS
    Se você pegou bastante esmalte e parece que exagerou e vai dar errado, calma que aqui é o “pulo do gato” – hehehe – outro erro bastante comum é que muitas pessoas acham que o correto é dar apenas 3 pinceladas lentas: meio, lateral, lateral – e pronto. Errado não é, mas o esmalte precisa ser bom e você precisa ter bastante experiência na técnica. Então, como aqui o objetivo é um acabamento perfeito e super uniforme, dar pinceladas rápidas e quantas forem necessárias é passo ideal.
    Com a boa quantidade da dica anterior espalhar todo o produto é primordial. Dê várias pinceladas, várias, não muito lentas para que o esmalte não seque e repuxe tudo. Pincele até ver o acabamento ficar bem uniforme. Muitas vezes uma segunda camada é necessária. Então, espere a primeira secar e parta para a próxima!

2esmalte-branco-corretivo_como-passar

Esmalte branquinho é lindo – e mesmo não sendo corretivo mas sim mais leitoso, quase transparente (tipo Paris – Risqué, Batida de Coco ou França da Colorama) essas dicas valem super!

1-como-passar-esmalte-branco{Fotos: Shutterstock}

Agora me contem: qual branquinho preferido de vocês?!

Tem sua dúvida também? Manda e-mail para mim através desse formulário aqui com o assunto “Dúvida da Leitora” e me pergunta! Quem sabe a sua pergunta não aparece aqui semana que vem? 🙂 (me avisa se seu nome pode ou não aparecer, tá bom?)

Um beijo e até amanhã :*

___________________________________________

Já conhece minhas canetas especiais para unhas e cutículas? A linha PrimeCuticle foi desenvolvida por mim e para mim, para que minhas cutículas ficassem pequenas, sem pelinhas e suaves, sem alicate e sem cortes. Hoje a linha faz sucesso pelo Brasil inteiro e quem usa, ama! Se você quiser manter suas unhas saudáveis, fortes e as cutículas sempre no lugar, sem precisar usar alicate, você precisa experimentar essas canetas! Elas podem ser usadas sozinhas ou em conjunto, com ou sem esmalte! Para saber mais sobre o assunto e a respeito delas é só clicar aqui e para adquirir as canetas é só clicar na imagem abaixo 🙂

prime_cuticle_box_final

Você também poderá gostar de

  • Erica
    11 de Abril de 2016 at 8:45

    Amei as dicas Dani!! Eu odeio passar esmalte candy color (principalmente amarelo) porque é chatinho mesmo hahaha
    O meu branco favorito da vida é o Branco Absoluto da Avon porque ele não mancha muito e tem cobertura boa <3
    Beijos e ótima semana ;*

    • Daniele Honorato
      11 de Abril de 2016 at 11:10

      Atualizei o post com esse da Avon, ele é realmente ótimo :)))

  • Jussara Valadares
    11 de Abril de 2016 at 8:49

    Eu desaprendi muito sobre como esmaltar com branquinhos.
    Na semana passada estava com saudades de “unhas de mocinha” e optei pelo França-Colorama com o Esquimó-Vult. Não sei o que eu aprontei. Mas ficou H-O-R-R-I-V-E-L! Tipo leite coalhado. Resultado: Trabalho dobrado. Pq tirei e esmaltei com um vermelho e pronto!!!
    Hehehe
    Vou tentar novamente com essas super dicas.
    Beijos.

    • Daniele Honorato
      11 de Abril de 2016 at 11:10

      hahahaha eu ri no leite coalhado! Não era porque eles estavam grossos?! Faz com essas dicas que super funcionam. Beijo

  • Maressa
    11 de Abril de 2016 at 8:53

    Depois do Branco Absoluto da avon, nunca mais tive problemas com branquinhos… mas confesso correr desses esmaltes estilo corretivo, pois fica grosso, no meu caso costuma dar bolinhas e, se não bastasse, trinca todinho (e quanto mais claro o esmalte, mais aparece as trincas) mesmo com base fosca ou com um branquinho cintilante por baixo – isso também ajuda a não manchar tanto – então é isso… até gosto desses tons, mas raramente uso. Bjão, Dani!

    • Daniele Honorato
      11 de Abril de 2016 at 11:09

      Qualquer esmalte que vc passa antes do corretivo tende a melhorar…não é porque ele é cintilante :)) Então, usa a fosca que é mais prática e não altera o tom!
      Beijo

  • Babi
    11 de Abril de 2016 at 10:03

    Já usei tanto esses brancos corretivos! Mas não sei, talvez enjoei!

    As dicas são super válidas e funcionam muito!!!!! <3

  • Samya
    11 de Abril de 2016 at 10:06

    Olá Daniele. Sempre acompanho seu blog e estou levando a sério o lance de não tirar a cutícula. Tem facilitado minha vida, pq essa era a parte mais demorada da esmaltação e eu ficava com muita preguiça. Acabava desistindo.
    Ontem pintei minhas unhas com o Bianco Puríssimo, mas o resultado não ficou muito bacana não. Acho que agora é uma questão de prática. Hoje tiro tudo e começo do zero!
    Gostaria de tirar uma dúvida com você… Comprei o removedor de cutículas da Sally Hansen e fiquei com receito dele prejudicar o meu processo de preservação das cutículas, já que ele “remove” as benditas (e parece até um tanto agressivo). Tudo bem de usar ele? Um bjo!

    • Daniele Honorato
      11 de Abril de 2016 at 11:08

      No começo vc pode usar esse tipo de removedor sim, Samya! Só que intensifica a hidratação depois porque eles são mais agressivos e ressecam bastante a pele 😉

  • Eve
    11 de Abril de 2016 at 10:22

    Branco brancão mesmo eu sempre tenho porque uso pra colocar películas, adesivos, e também pra francesinha. Não consigo usar puro só ele nas unhas. Desses que você mostrou meu preferido é o Pétala Branca, mas também tem que ter menção honrosa ao Branco Absoluto da Avon, que é perfeito demais!!
    Sabe Dani minha dificuldade é com os mais leitosos, mais transparentes tipo o Leite de Coco, o Renda. Até consigo usar mas tenho mil truques… Esses brancos corretivos eu consigo passar de boa.
    Dá algumas sugestões desses outros porque são os mais pedidos nas manicures do Brasil, é uma unanimidade. Quando eu era manicure esses esmaltes tinha que ter estoque. Os corretivos ninguém usava sozinho não.
    Beijo e boa semana! 🙂

    • Daniele Honorato
      11 de Abril de 2016 at 11:07

      As mesmas dicas vc pode usar com os mais leitosos, Eve 🙂

      • Eve
        11 de Abril de 2016 at 11:46

        Como fala é leitoso, transparente ou translúcido… 🙁 ? kkk
        O que sempre dá certo além da base fosca é finalizar com uma camada fininha de via láctea ou estrela de luz da Colorama, ai cobre qualquer imperfeição.

        • Daniele Honorato
          13 de Abril de 2016 at 12:35

          Leitoso é quando não é nem opaco nem transparente, fica no meio termo. Como o Paris, sabe?
          Transparente é aquele que vc pode passar 5 camadas e vai ver a ponta da unha rsrs – eles chamam tb de Natural ou Translúcido!
          Beijo

  • ro
    11 de Abril de 2016 at 10:32

    E aquele de Gel da Avon, que uma vez eu li que ele é o branco perfeito.

    • Daniele Honorato
      11 de Abril de 2016 at 11:06

      Ele é ótimo e coloquei um link no post para vc ver fotos e minha opinião sobre ele!

  • Gi
    11 de Abril de 2016 at 11:06

    Esmalte branco realmente esmalte branco uma treva pra passar. Kkkk. Haja paciência. O meu branco preferido de toda vida é o tule da risque. Pra mim ele é otimo pois não mancha. A minha manicure sempre usa o esmalte lua da impala por baixo de algum branquinho chato, tipo batida de coco. O acabamento fica perfeito. Bjs flor

    • Daniele Honorato
      11 de Abril de 2016 at 11:13

      Não vejo mt lógica nisso do cintilante, qq esmalte que vc passe antes do esmalte branco vai criar superfície, no caso, usa a fosca que é melhor e não altera a cor do esmalte :))
      Beijo!

  • Luciana Petrópolis RJ
    11 de Abril de 2016 at 11:12

    Adorei suas dicas Dani, sofro pra passar esmalte corretivo também… Às vezes dá uma manchadinha mas acabo ignorando ou passando mais uma camada, coisa que às vezes também não funciona como tentativa de reparar o estrago. Meu branquinho favorito no momento é o Porcellana da Mohda, foi o que cobriu melhor comigo 😉

    • Daniele Honorato
      11 de Abril de 2016 at 11:12

      Não conheço esse da Mohda, Lu! Vou procurar para ver! Obrigada pela dica! ;**

  • Thamiris
    11 de Abril de 2016 at 12:18

    Meu Deus, branquinho é o inferno da minha vida, precisei de muito tempo de prática pra conseguir usar sem problemas, muito tempo mesmo!
    Branco assim, puro, nunca usei não, além de não gostar muito, acho que nunca consigo dar um acabamento super perfeito a não ser com o branco da avó (gel finish) nunca mais quis outro branco e até fiz um estoque básico dele hehe os leitoso tipo o Paris da Risque eu tenho um pouco de dificuldade as vezes. Deve ser por isso que os coloridos ou escuros dominam minha vida kkk
    Beijão :*

    • Daniele Honorato
      13 de Abril de 2016 at 12:34

      Paris é o mais “chato” para muitas pessoas. Eu passei uns 12 anos da minha vida usando SÓ esse esmalte então eu meio que era toda íntima dele! Rs Mas se ele fica mais grosso, já mancha, tem que diluir!

  • Mey
    11 de Abril de 2016 at 12:22

    Nossa, eu li e reli muito o seu antigo post sobre os branquinhos, Dani. E vi muito o video tbm ashsushauah xD
    Eu ficava tipo “hoje eu vou conseguir esmaltar decentemente essa bagaça de esmalte branco”. E foi então que peguei o Bala de coco da vult, que eu ainda não tinha experimentado. Na mão esquerda ficou lindo *-* um arraso. Já na direita rsrsrsrsrs não ficou tão uniforme, devido a minha coordenação que as vezes ajuda, outras atrapalha 🙁
    Ah usei a base fosca em outras vezes. Parece que ela ajuda a grudar legal o esmalte. Pena que minha fosquinha já está no fim, por isso tá grossa, então tive de parar de usar porque não achei mais pra vender aqui perto. Vou tentar adquirir uma nova e fazer o teste com esmaltes candy, que me dão muita dor de cabeça por sinal, ainda mais por conta daquele pincel fininho da impala e da coloroma (Quando olho para aquela economia de cerdas chega me dá um negócio).
    Suas dicas são very valiosas, Dani *-*
    Beijão!

    • Daniele Honorato
      13 de Abril de 2016 at 12:33

      Own, minha lindeza! Que bom que já conhecia as dicas! E óh, deixa te falar: a melhor dica de todas é essa: prática! Qnto mais vc passa, mais erra, mais tenta, melhor vc fica! Fato!
      Tem esmalte chato mesmo, não tem como! Mas vc é melhor do que eles e consegue passar o benditoso sim! Kkkk
      Um beijo lindaa!

  • Franci Pacheco
    11 de Abril de 2016 at 13:11

    essas dicas são super úteis e eu sempre coloco em prática. Meu branquinho favorito é o Branco da Impala

  • SÁ S.
    11 de Abril de 2016 at 13:22

    Dani! Muito obrigada pelo post. Esmaltes branquinhos e clarinhos em geral são a minha maior dificuldade quando o assunto é unhas. Sofro muito, hahah. Passei o “Vamos ao parque” da Impala e tive refazer o polegar 1837389 vezes porque ficava manchado hahahah quase chorei 🙁 Acho que vou hoje mesmo comprar uma base fosca. Você recomenda passar por cima da base normal apenas? Ou passar em cima da primeira camada do esmalte também?
    Muuuito obrigada por esse post. Vou tentar fazer tudo que você recomendou e te conto como ficou!!
    Beijos! <3

    • Daniele Honorato
      13 de Abril de 2016 at 12:31

      Sá! Não precisa agradecer, imagina! Fico feliz que tenha gostado :))
      Olha, a base fosca é mt boa para evitar manchas e eu sempre aconselho vc passar a base normal e aí a fosca. Conheço pessoas que fazem sanduíches de fosca, por exemplo:
      1- base normal
      2- base fosca
      3- 1 camada de branco
      4- base fosca
      5- 1 camada de branco

      Eu acho que pode ficar grosso e descascar mais rápido, mesmo a fosca sendo fininha! Mas vale o teste! 🙂

  • Bianca
    11 de Abril de 2016 at 14:10

    Muito boa tuas dicas, que sonho conseguir uma unha branca igual essa da foto hein heehh
    Eu acho um charme, mas nunca uso pq não fica bom 🙁
    Vou seguir as dicas, mas tenho uma dúvida:
    Eu pego bastante quantidade e dou várias pinceladas, mas o esmalte acaba acumulando nos cantos das unhas, em baixo, perto da cutícula, e por mais q eu limpe bem, não consigo tirar a aparência de acúmulo..
    como faço?

    bjs

    • Daniele Honorato
      13 de Abril de 2016 at 12:29

      hahaha essas fotos de banco de imagem são perfeitas! Sei que tem edição, mas é tão bom ficar olhando *-*
      Pra evitar o acúmulo, começa a passar/posiciona o pincel, bem no centro da unha e daí vai pincelando. Evita começar encostando na pele ou lateral das cutículas. Se tiver muito, muito acúmulo, limpa um pouco do pincel no vidro (rapidinho, pra não secar) e continue a esmaltação! 🙂

  • Camila Santiago
    11 de Abril de 2016 at 15:29

    Pra mim esse posto não aparece :/ passei a manhã atualizando e nada… só consegui acessar pq cliquei no link que estava no twitter. Que estranho.

    Eu nunca fui de ter tanta dificuldade pra passar esmalte claro e como é algo que sempre fiz naturalmente tbm nem sei qual o segredo kkk mas eu amooooo de paixão branco assim bem corretivo, e achei ótimas as suas dicas. Não sabia dessa da base fosca. Normalmente o que compro é o Bianco Puríssimo.

    Paris é meu esmalte preferido da vida ♥

    • Daniele Honorato
      13 de Abril de 2016 at 12:24

      Agora aparece, né?! Porque já nos tuitamos e somos rápidas rsrs
      Amo Bianco Puríssimo!
      bj bj

  • sara fernandes ferreira
    11 de Abril de 2016 at 23:25

    Gente eu sou viciada em branco e qse não uso pq é uma praga de passar!!! Vlwzaço Dani ! Ah vc tem alguma sugestão pra ele não trincar ? Conhece a linha da DNA italy híbrido ? Que eles dizem ter durabilidade de esmalte em gel só que dispensa cabine … Nossa imagina que lindo !!!! BjosS amooooo teu cantinho ! A anos te acompanho

    • Daniele Honorato
      13 de Abril de 2016 at 12:22

      Oi Sarah! Já ouvi falar, mas nunca usei! Trincar vc diz que ele faz isso depois de alguns dias? Ou logo depois que passar? Não é o top coat que está usando?
      Um beijão e muito obrigada pelo carinho <3

  • taniat
    12 de Abril de 2016 at 7:28

    Oi Dani!
    Fotos fofas! 😀
    Esmalte branco acabo achando fofo…e ia dizer que o melhor branco que usei foi o do Avon ,e tô vendo pelos comentários que ele é otimo mesmo!
    Bjs!

    • Daniele Honorato
      13 de Abril de 2016 at 12:21

      Ele é ótimo! Tb já falei dele por aqui 🙂

  • Cons
    12 de Abril de 2016 at 13:22

    Oi Dani, Tô meio sumida, mas tenho entrado sempre no site, só não tenho comentado.
    Não sou muito fã de branco corretivo, mas andei numa vibe de branco que foi bianco puríssimmo com platino, mas como sempre manchava, passei a colocar um mão de renda antes de tudo e nunca mais manchou. Fica linda esta combinação porque mata um pouco o braco, fica bem clássico. O perfeito é um branco com samba de risque, mas saiu de linha.

    • Daniele Honorato
      13 de Abril de 2016 at 12:12

      Obrigada pela cia de sempre, Cons! Está tudo bem por aí? Beijo no filhote <3
      Bianco Puríssimo + Platino já usei! Fica lindo!
      Nossa, o Samba...verdade. Ele era lindo!
      Um beijo

  • Tathi
    12 de Abril de 2016 at 21:55

    Obrigada pelas dicas, Dani! Vou testar… Adoro branquinhos! ; )
    Beeeeiiiiijooossss…

    • Daniele Honorato
      16 de Abril de 2016 at 0:12

      Oba! Testa e conta se deu certo! Um beijo linda

  • Paty
    13 de Abril de 2016 at 8:20

    Dani, acho que o único dia da vida que passei esmalte branco foi no meu (falido) casamento, hahahahahahaha
    Nunca gostei de branco, mas Às vezes sofro pra passar um esmalte mais claro (raro, mas acontece)
    Adorei as dicas ♥
    bju

    • Daniele Honorato
      13 de Abril de 2016 at 12:08

      hahaha ai Paty, vc me mata de rir! Tem esmalte chato mesmo pra esmaltar, acontece mt!
      Beijo minha linda

  • Carol
    15 de Abril de 2016 at 12:52

    Faço minhas unhas há 6 anos, e modéstia a parte, faço um excelente trabalho. Apesar disso, o esmalte branco ainda é meu único desafio!!!

    • Daniele Honorato
      15 de Abril de 2016 at 23:35

      Esmalte branco realmente é um desafio!

  • Ju
    23 de Abril de 2016 at 19:06

    Isso merecia era um vídeo. :/

    • Daniele Honorato
      23 de Abril de 2016 at 20:41

      Mas tem 🙂 É só procurar por “como passar esmalte branco”